27 de fevereiro de 2011

Restaurant La Pe

27 de fevereiro de 2011 0
O Carnaval está aí e o Temo Fome tem mais uma dica quente para compartilhar com quem vai aproveitar o feriado nas praias do Uruguai (dá-lhe gauchada invadindo o país vizinho). Não faltam opções legais em La Pedrera, e assim como a Casa Dulce e o Darwin, o Restaurant La Pe é um lugar que vale a pena incluir no roteiro. Estivemos lá no início do ano, na companhia de três famintos amigos.

O La Pe é incrível! As mesas debaixo das árvores do jardim garantem um clima bucólico, que fecha perfeitamente com noites de verão.

O ambiente é convidativo tanto para um happy hour quanto para um jantar que se estende até a madrugada, assim como fazem os uruguaios.

Para as crianças brincarem e não ficarem apurrinhando os pais enquanto jantam, tem uma cozinha de brinquedo. Tive que segurar a Isa para ela não colocar um avental e brincar de casinha.

E ainda, no jardim, tem uma espécie de horta com vários temperos. Tudo é usado no preparo dos pratos do La Pe.

"Garçon, por favor, um repelente". Esse foi o primeiro pedido das gurias.... E mesmo assim, saíram de lá com as canelas cheias de picadas.

De largada, vieram uns pãezinhos com molho tártato. A gurizada avançou sem dó! E comprovamos que a nossa tese de que a quantidade de pão nunca é o bastante para acabar com os molhos é internacional. Parem de regular o pão aê!

Enquanto os hombres foram de cerveja, as chicas foram de clericot.


















Um brinde ao verão! (E vamos ignorar o fato de que estamos no final de fevereiro.)

As opções de pratos principais não são muitas, mas conseguem agradar a todos os gostos. O meu pedido foi um linguado a la plancha, com um molho pesto buenísimo!

A Isa provou a lasanha de frango com molho de cogumelos. Massa caseira e recheio bem molhadinho. O pedido foi repetido por outros amigos da mesa, porém na versão vegetariana, igualmente saborosa.

Do menu infantil veio o prato da outra amiga: pechuguines con papas. Um baita pedaço de frango grelhado acompanhado de batatas. Deixou os adultos babando!

Esse jantar agradável na companhia dos amigos, custou o equivalente a R$ 40,00 por pessoa. O repelente é por conta da casa ;)

Se você for para os lados de lá e visitar o La Pe, não deixe de nos contar o que achou. Dicas de novos lugares são muito bem-vindas!

O La Pe fica na rua principal de La Pedrera, a três quadras da praia.

23 de fevereiro de 2011

A Confeitaria

23 de fevereiro de 2011 4
Num domingo desses qualquer, saí com o Henrique para dar um pouco de doçura àquele dia cinza e preguiçoso. Fomos até A Confeitaria, que fica no Moinho da Estação, em Caxias do Sul. Essa estação de trem desativada é o reduto dos chiques & famosos da serra, e é onde estão os bares e restaurantes mais badalados da cidade.

A Confeitaria tem uma decoração requintada. O espaço é amplo e bem iluminado, com detalhes em dourado e preto.


















No balcão, mil e uma delícias de deixar qualquer um babando...

Tortas, mil folhas, brownies, cupcakes, tartelettes, crostatas, musses... Ai! Queria ser uma formiguinha para invadir esse balcão na calada da noite.

Um dos destaques d'A Confeitaria é o chocolate belga, nos sabores morango e limão. Eles são vendidos a quilo. Ganhamos um para provar e achamos o sabor bem diferente dos nossos chocolates.

Iniciamos os pedidos com um café expresso pro Henrique.

A parte das gostosuras salgadas começou com uma quiche de tomate seco com alcaparra. Andam dizendo por aí que tomate seco tá "out". Nem tô. Adoro!

O Henrique, que tava com mais fome, pediu um sanduíche de pão de centeio, queijo brie, sálvia, nozes e alface. Tudo bem fresquinho.

É claro que não podíamos sair dali sem provar alguns docinhos... O meu escolhido foi o brownie de chocolate. Nota 10!

E o Henrique provou uma mini cheesecake de geleia de morango. Comeu até os farelinhos que caíram no prato!

Realmente é tudo gostoso n'A Confeitaria, mas os preços são extremamente altos. Esse nosso café, que não teve nada assim de tããão elaborado que justificasse o valor, custou R$ 40. Recomendamos o lugar, mas para não ser pego de surpresa, leve uns trocados extra.

A Confeitaria fica na rua Coronel Flores, 750, em Caxias do Sul.

20 de fevereiro de 2011

Empório Mercatto

20 de fevereiro de 2011 3
Num dia de semana atípico de Henrique em Porto Alegre (oba!), saímos para almoçar num local próximo ao meu trabalho. Havíamos lido sobre o Empório Mercatto na coluna da Fernanda Zaffari e ficamos curiosos e cheios de vontade de conhecer esse lugarzinho aberto recentemente nas redondezas do bairro Moinhos de Vento.

Ideal para um café da manhã reforçado, para um almoço descompromissado ou para uma jantinha; o Empório Mercatto tem opções para qualquer horário e para qualquer tipo de fome.

A casa oferece um menu do dia como sugestão para almoço e jantar, e também opções de sanduíches, wraps e lasanhas. Para lanches rápidos, quiches e tortas caseiras parecem ser uma boa pedida.

Além disso, é possível comprar alguns mantimentos de ótima qualidade, como geleias, azeite de oliva, massas e conservas.

Eu, fã de Coca-cola, não pude deixar de registrar essa estilosa "bomba" de refrigerante que decora o ambiente. Se eu tivesse uma dessas, andaria com o tanque sempre cheio.

Com um dia de sol ameno que fazia, nos sentamos na área externa, de frente para a calçada. Lugarzinho agradável e tranquilo.

Para o nosso almoço, começamos com uma cestinha de pães com pastinhas. Enumeramos as cinco opções de acordo com a nossa preferência: tomate seco com ricota, berinjela, rúcula com ricota, sardela e, por último e mesmo assim gostosa, a pastinha de azeitona.

Em seguida, o Henrique pediu um sanduíche vegetariano: baguete integral recheado com berinjela, abobrinha, tomate e mussarela de búfala. Bem light.

Dentro da sua nova proposta natural (cof, cof), ele pediu um suco de manga com maracujá. A combinação de frutas deu um sabor todo especial à bebida.

Eu, que não tenho a pretensão de ser natureba, me joguei na panqueca de manzo e zucchine, que une duas coisas que eu simplesmente adoro: carne de panela e abobrinha. A porção era maior do que eu esperava, logo o Henrique teve que abandonar a sua tentativa de refeição leve e me ajudar a dar fim na panqueca. Que sacrifício, hein!?

De sobremesa, dividimos um picolé de limão siciliano da Diletto, que há tempos queríamos provar. É realmente uma delícia! Muito mais cremoso e saboroso do que os picolés a que estamos acostumados.


Saímos do Empório Mercatto felizes, satisfeitos e com menos R$ 50 no bolso.

O Empório Mercatto fica na rua Fabrício Pilar, esquina com a Cel. Bordini, em Porto Alegre. Abre às 7h30 e fecha às 23h (aos sábados, funciona a partir das 9h).


14 de fevereiro de 2011

Restaurante Danúbio

14 de fevereiro de 2011 9
Na companhia de dois amigos, saí para jantar num dos mais tradicionais restaurantes de Caxias do Sul. O Danúbio, que atende desde 1953 no mesmo local, é uma mistura de boteco e restaurante que conserva, há décadas, sua simplicidade e qualidade.


Ficamos no ambiente mais sem frescura, no andar de cima, de frente pra chapa e acompanhando o vai e vem de clientes e dos motoboys que fazem a tele-entrega.

Chegando cedo é possível garantir um lugar no subsolo, que tem mais cara de restaurante.


Bauru, por aqui, é uma espécie de patrimônio local e gera muita discussão sobre qual é o melhor da cidade. Para mim, o bauru do Danúbio está entre os top 3, ao lado do Andrea e do Milano.

A nossa escolha foi o bauru tradicional: filé, presunto, queijo e um delicioso molho verde, por cima do molho de tomate. Um dos aspectos que torna o bauru do Danúbio tão especial está claro na foto abaixo. Olha a espessura do filé!

Como acompanhamento, é servido arroz. E para complementar, pedimos uma porção de fritas.











No balcão, o garçom fez questão de posar manobrando um bauru recém saído do forno, ainda antes de receber a farta camada de molho.

O prato serve tranquilamente três pessoas (e olha que eu estava acompanhado de dois ogros). Não sobrou nem um pedaço para contar história!


A conta deu cerca de R$ 30 por pessoa, incluindo "algumas diversas" cervejas.

O Danúbio fica na Av. Itália, nº 210, no bairro São Pelegrino, em Caxias do Sul. O telefone para tele-entrega é o (54) 3223-1566.

8 de fevereiro de 2011

Pâtissier - por Bruna Lodi

8 de fevereiro de 2011 2
Hoje quem trouxe uma experiência gastronômica pra compartilhar com o Temo Fome foi a Bruna Lodi, colega da faculdade. Nós já estivemos no Pâtissier e também registramos a experiência aqui no blog, mas os bons lugares merecem repeteco ;)

"Na primeira vez que conheci o Pâtissier fiquei encantada. Até então eu só ouvia falar bem. Famoso pelos doces e salgados maravilhosos, o restaurante ganhou mais uma fã há alguns meses. Na última sexta-feira, eu e o meu namorado fomos almoçar lá (e matar a minha vontade). Ele sempre me falava do famoso hambúrguer que tinha lá e aproveitamos que ele estava incluído no menu da semana.

Quando chegamos lá as mesas do deck estavam todas ocupadas, então sentamos numa mesa no interior do restaurante. O ambiente do Pâtissier é realmente aconchegante.

Os livros do Chef Marcelo. O menu é composto por couvert, entrada, prato principal e sobremesa, todos elaborados cuidadosamente pelo chef Marcelo Gonçalves. É importante ressaltar que o cardápio muda toda semana.

Impossível não olhar os doces da vitrine.

O couvert: dois paezinhos, presunto parma e três azeitonas. Uma delícia.

As opções de entrada da semana eram: Salada de rúcula com melão e parma ou Carnaroli e charque de vazio. Mas, como esfomeados que somos, decidimos pular a entrada e partir para o prato principal: Hamburguer de filé mignon e linguiça defumada com gorgonzola, aneis de cebola e batatinhas. No dia anterior enchi a boca d'água só de olhar para a foto dele no blog do Patissiêr. Mas, não bastasse ser bonito desse jeito, é absurdamente delicioso. É aquele tipo de comida que logo que tu sai do restaurante, fica imaginando o sabor e desejando comer de novo.

Por último, a sobremesa. Eu pedi tortinha de amora com cream cheese e um morango.

Já o Felipe escolheu o Cheese Cake com cobertura de goiaba.

Roubei um pedaço. Gostei tanto que trouxe uma fatia para casa.

A conta total deu R$ 80 para duas pessoas. Achamos o valor justo porque o lugar é agradável, a comida muito saborosa e nos saciou pelo resto do dia."

O Pâtissier fica na rua Marquês do Pombal, 128, no Moinhos de Vento, em Porto Alegre.

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates. Blog Templates created by Web Hosting